quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Um Poente

 (desconheço o autor)


Queria te ter como uma sombra
Que passa sem deixar vestígios.
Que fosse só silêncio extremado,
Que não ondulasse sua ternura
Sem medida e sua voz de doçura.

Que deixasse o pó em paz
E as folhas soltas,
Ancoradas em meus dedos.

Que fosse apenas como
Um salgueiro quieto, sem ventar.
Estivesse apenas para existir
E resplandecesse para eu te olhar.

Que fosse música quando
Eu me despedaçasse no chão
Como vaso de cristal
E fosse silêncio enquanto
Eu derramasse palavras no papel.

Que não cantasse a minha volta
O seu bem querer agonizante,
E me mostrasse sua corda tensa
E corrompida pelos meus invernos.

Que atravessasse calmamente
Esse mar sem farol,
Enquanto minha noite
Delineasse um poente para nós.

6 comentários:

Moa Will disse...

Olá,
Tu falas de teus quereres como uma criança a almejar o seio materno, a criança não tem palavras, contudo se nutre por instinto. Já você, as utiliza apenas como instrumento de sua vontade contagiante e avassaladora.
Adorei o poema.
Abç

O que Cintila em Mim disse...

Moa obrigada por suas palavras tão intensas. Delas se poderia fazer outro poema.

rosadocairoshannyalacerda.blogspot.com disse...

por querer, queriria
quereria o amor dos barcos,
das estrelas que cintilam;
quereria o amor sóbrio,
íntimo e intenso regado
pela calma e pelo prazer
de estarmos sossegados, juntos.

parabéns, mais uma vez a inspiração bate a tua porta e você a deixa adentrar casa adentro, como uma lavagem poética pelos cantos de tuas poesias.

José María Souza Costa disse...

Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo Agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Se tiveres tuiter, e desejar, é só deixar que agente segue.
Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

efa disse...

Holaaaa! Me cuesta entender algunas palabras, pero es muy buena lírica.
Me gusta seguirte en otro idioma.
Besos

Lete disse...

Linda!!
Aqui tudo é tão mágico como sua alma!

Te amo amiga!!!!!!